A FOLHA DO LITORAL

Em franco desenvolvimento, Município atrai novos investidores


HomePage

Em meio ao cenário de crise econômica em que vive o País nos últimos tempos, Bertioga se destaca como uma cidade em pleno desenvolvimento e que a cada dia vem atraindo a atenção de grandes empresários, que estão apostando e investindo no Município. O resultado é a geração de trabalho e renda, o aquecimento do comércio e o aumento da arrecadação, gerando receita para a Prefeitura.

No ano passado, a Cidade se destacou como a única da Baixada Santista a criar postos de emprego. Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, divulgados no início deste ano, apontam um saldo de 92 postos criados. Número é resultado da diferença entre as contratações (4.783) e as demissões (4.691).

O saldo positivo demonstra que apesar da crise, Bertioga tem recebido investimentos para dinamizar a economia local. O Município vem atraindo empresas em virtude de bons indicadores de qualidade de vida, sustentabilidade ambiental e a própria ampliação de investimentos em infraestrutura, sobretudo na área de mobilidade urbana.

Para o secretário de Administração e Finanças da Prefeitura de Bertioga, Fernando Moreira de Oliveira, esses investimentos potencializam áreas de baixo valor comercial, tornando-as atrativas para novos negócios, desde a construção civil até a comercialização de produtos e serviços. “Um exemplo é a região beneficiada com a construção de avenidas marginais, nos bairros Chácaras e Vista Linda, onde se formou um diversificado corredor comercial”, ressalta.

Nos últimos três anos, mais de 1.500 empresas foram abertas em Bertioga comprovando que grandes investidores estão apostando na Cidade. Entre elas estão a Semar Supermercados; redes de drogarias, como a São Paulo e PoupaFarma; a americana Subway, Lojas Americanas e as Lojas Cem – Centro dos Eletrodomésticos e Móveis, que está prestes a se instalar no Município.

Mesmo os estabelecimentos que já estão instalados na Cidade têm investido na ampliação de seus negócios, a exemplo da Dicico, loja de material para construção; assim como a expansão do comércio voltado à gastronomia.

O momento é de franco desenvolvimento. As obras executadas nos últimos sete anos deram uma cara nova à Cidade, transformando a paisagem e modernizando o sistema viário. As principais intervenções são na área de mobilidade urbana, com a execução de grandes obras que resultam em melhor facilidade de locomoção de veículos e de pessoas e na integração entre as várias regiões do Município.

Dados divulgados pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) apontam o crescimento da frota em Bertioga. Em oito anos – entre 2008 e 2016, o número de veículos circulando no Município dobrou, passando de 10.019  para 21.586.  São 11.154 carros e 5.295 motocicletas circulando na Cidade.

Bertioga se tornou atrativa para todos. As casas de temporada estão se transformando em moradias permanentes em função, sobretudo, da facilidade de acesso à capital paulista, fazendo com que as pessoas fixem moradia na Cidade em busca de qualidade de vida.

Como agente ativo das transformações que o Município vem vivendo nos últimos anos, o prefeito Mauro Orlandini, que acaba de assumir a presidência da Associação das Prefeituras das Cidades Estância do Estado de São Paulo (Aprecesp), e o Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Baixada Santista (Condesb), acredita que o papel do administrador é proporcionar qualidade de vida para os cidadãos.

“Estamos pensando em um Município para o futuro, com obras bem planejadas, além de estarmos investindo no bem estar do cidadão, com novos serviços e ampliando equipamentos na área da Saúde; e na Educação, com a construção de escolas e creches”, destaca.

Nesse processo de desenvolvimento,vale destacar queBertioga também tem a maior valorização imobiliária entre 100 cidades do Brasil. Este foi o destaque da revista Exame, da Editora Abril, em maio do ano passado, que mencionava a Cidade pela segunda vez consecutiva como uma das praias com maior valorização.

Tudo isso comprova que Bertioga é uma Cidade boa para se viver, por conta da qualidade de vida, e excelente para se investir. A cerca de 100 quilômetros de São Paulo e integrada à Região Metropolitana da Baixada Santista (RMBS), que reúne mais de 1,7 milhão de habitantes, o Município está mais do que pronto para novos investimentos.

Análise realizada pela Federação das Indústrias do Rio de janeiro (Firjan) aponta Bertioga como a segunda Cidade mais bem posicionada na RMBS, em desenvolvimento socioeconômico. O Município aparece na 302ª posição no ranking nacional e 143ª na estadual. O índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IDFM) 2015 – ano base 2013, da Cidade é de 0,8157 pontos, e de emprego e renda é de 0,7528 pontos.

Para o prefeito, esse resultado é fruto da gestão eficiente dos recursos públicos, investimento nas políticas sociais e de desenvolvimento humano e na infraestrutura da Cidade. Segundo ressalta, são esses fatores que criam um ambiente favorável no Município para o desenvolvimento econômico e a melhoria da qualidade de vida.



     

Comente a Notícia!

Seu nome:

Seu e-mail: (não divulgaremos o seu e-mail)

Seu comentário:


Comentários


Ainda não existem comentários para esta notícia.